Pró-Espécies seleciona empresa para planejamento e implementação da Trilha de Longo Curso Caminho dos Veadeiros – Prorrogada

Publicado em 5 de fevereiro de 2024
Pró-Espécies seleciona empresa para planejamento e implementação da Trilha de Longo Curso Caminho dos Veadeiros – Prorrogada Créditos: Samuel Schwaida

Convidamos você a participar da seleção para apresentar proposta de serviços de planejamento e implementação da Trilha de Longo Curso Caminho dos Veadeiros, por meio de atividades de campo como mapeamento e georreferenciamento, abertura e sinalização de trechos e pontos de interesse, bem como realização de atividades de sensibilização da comunidade e de estudos técnicos, em trechos-chave nos municípios de São João d´Aliança e Alto Paraíso de Goiás, para o Projeto “Pró-Espécies: Estratégia Nacional para a Conservação de Espécies Ameaçadas”.

As Portarias Conjuntas MMA/MTUR/ICMBIO 407/2018 e 500/2020 instituíram a política pública Rede Brasileira de Trilhas de Longo Curso e Conectividade (REDE) com o objetivo de promover recreação, geração de renda e conservação. As portarias conjuntas remetem ao papel das trilhas de longo curso como conectores da paisagem, ao constituírem corredores ecológicos que conectam unidades de conservação e outros remanescentes de vegetação natural. A preocupação com a ampliação da conectividade tem origem nos estudos da Biologia da Conservação e Ecologia, que constataram que a crescente taxa de alterações antrópicas tem provocado a fragmentação e a perda de habitat para espécies nativas da fauna e da flora, uma das principais causas da extinção de espécies.

O Caminho dos Veadeiros é uma Trilha de Longo Curso regional, de caminhada e cicloturismo que integra o Caminho dos Goyazes, trilha nacional da Rede Brasileira de Trilhas de Longo Curso. Seguindo o sentido Sul – Norte, suas trilhas têm seu ponto de início no município de Formosa e Planaltina, passando por Água Fria de Goiás, São João D’Aliança, Alto Paraíso de Goiás, Colinas do Sul e Cavalcante, sendo os quatro últimos, parte da região da Chapada dos Veadeiros, que dá nome à trilha e inspira a marca da sinalização.

Para o traçado de caminhada, o planejamento inicial é de uma única rota, no eixo sul-norte, começando no município de Formosa e terminando no município de Cavalcante. Esta rota já foi integralmente percorrida por voluntários e, em alguns trechos, já se encontra sinalizada e liberada para os usuários. No intuito de promover a implementação do Caminho dos Veadeiros, o projeto GEF Pró-Espécies busca a contratação de consultoria especializada para realizar atividades de mapeamento e georreferenciamento, abertura e sinalização de trechos e pontos de interesse, bem como realização de atividades de sensibilização da comunidade e de estudos técnicos, em trechos-chave nos municípios de São João d´Aliança e Alto Paraíso de Goiás.

A Estratégia Nacional para a Conservação de Espécies Ameaçadas de Extinção Pró-Espécies: Todos contra a extinção é uma iniciativa do Ministério do Meio Ambiente e Mudança do Clima (MMA) que tem como objetivo adotar ações de prevenção, conservação, manejo e gestão para minimizar as ameaças, o risco de extinção e melhorar o estado de conservação das espécies ameaçadas.

O período estimado da consultoria será de março a maio de 2024.

Os candidatos devem enviar a proposta até o dia  22/03/2024. Acesse para mais informações sobre a carta convite.

Dúvidas podem ser encaminhadas até o dia 29/02/2024 e 14/03/2024 pelo email: [email protected] e [email protected].

A publicação do Anexo de Perguntas e Respostas será publicado nesta página até o dia: 04/03/2024 e 15/03/2024.

Sobre o Projeto Pró-Espécies

O projeto Pró-Espécies é financiado pelo Fundo Global para o Meio Ambiente (GEF, da sigla em inglês para Global Environment Facility Trust Fund), é coordenado pelo Departamento de Conservação e Uso Sustentável da Biodiversidade (DCBio/MMA) e implementado pelo Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (Funbio), sendo o WWF-Brasil a agência executora.

O projeto trabalha em conjunto com 13 estados do Brasil (MA, BA, PA, AM, TO, GO, SC, PR, RS, MG, SP, RJ e ES) para desenvolver estratégias de conservação em 24 territórios, totalizando 9 milhões de hectares. E prioriza a integração da União e estados na implementação de políticas públicas, assim como procura alavancar iniciativas para reduzir as ameaças e melhorar o estado de conservação de pelo menos 290 espécies categorizadas como Criticamente em Perigo (CR) e que não contam com nenhum instrumento de conservação.

Prorrogação do Prazo da Carta Convite SC001632 – Publicado no dia 21 de fevereiro de 2024.

Pin It on Pinterest