Pró-Espécies seleciona consultoria para lista de espécies exóticas invasoras (EEIs) PAN Bacia Alto Tocantins – Prorrogada

Publicado em 17 de abril de 2024
Pró-Espécies seleciona consultoria para lista de espécies exóticas invasoras (EEIs) PAN Bacia Alto Tocantins – Prorrogada Créditos: Alexandre Sampaio

Convidamos você a participar da seleção para a consultoria especializada para compilar uma lista de espécies exóticas invasoras (EEIs) e realizar o mapeamento de ocorrências registradas de EEIs a partir de informações secundárias e cruzar com a ocorrência de espécies de plantas ameaçadas, contribuindo para o alcance do resultado previsto no Plano de Ação Nacional para a Conservação da Flora Ameaçada de Extinção da Bacia do Alto Tocantins (Ação 1.4), no âmbito do Projeto “Pró-Espécies: Estratégia Nacional para a Conservação de Espécies Ameaçada.

O Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro (JBRJ) é uma das agências vinculadas ao MMA que integra o Projeto Pró Espécies e, por meio do seu Centro Nacional de Conservação da Flora (CNCFlora), tem a atribuição de desenvolver os PANs para a conservação da flora brasileira ameaçada de extinção, conforme disposto na Portaria MMA nº 443/2014. No âmbito do Projeto Pró-Espécies, o CNCFlora/JBRJ conduziu a elaboração e agora a implementação do Plano de Ação Nacional para a Conservação da Flora Ameaçada de Extinção da Bacia do Alto Tocantins (PAN Bacia do Alto Tocantins), que visa melhorar o estado de conservação e o aumento do conhecimento sobre as espécies ameaçadas de extinção, por meio do envolvimento da sociedade conectada ao território.

Apenas a partir do mapeamento das ocorrências de espécies exóticas invasoras (EEIs) é possível planejar ações estratégicas para o manejo dessas espécies. Ao cruzar as ocorrências de EEIs com as das espécies da flora ameaçadas de extinção, poderemos gerar um mapa de ações prioritárias para controle. Além disso, a partir da estimativa de abundância das espécies na região poderemos planejar as melhores estratégias a serem tomadas em cada localidade. Por exemplo, áreas com pouca ocorrência de invasoras poderão ser alvo de ações de detecção precoce e resposta rápida, possibilitando a erradicação no local e evitando o avanço do processo de invasão. De forma geral, as ações de manejo deverão ser intensificadas para evitar a extinção local de espécies.

Neste contexto, esta Carta Convite se destina à contratação de serviços de consultoria especializada para compilar uma lista de espécies e realizar o mapeamento de ocorrências registradas de EEIs a partir de informações secundárias e cruzar com a ocorrência de espécies de plantas ameaçadas do PAN Bacia do Alto Tocantins.

A Estratégia Nacional para a Conservação de Espécies Ameaçadas de Extinção Pró-Espécies: Todos contra a extinção é uma iniciativa do Ministério do Meio Ambiente e Mudança do Clima (MMA) que tem como objetivo adotar ações de prevenção, conservação, manejo e gestão para minimizar as ameaças, o risco de extinção e melhorar o estado de conservação das espécies ameaçadas.

O período estimado da consultoria será de abril a setembro de 2024.

Os candidatos devem enviar a proposta até o dia 21/05/2024. Acesse para mais informações sobre a carta convite.

Dúvidas podem ser encaminhadas até o dia 15/05/2024 pelo email: [email protected] e [email protected].

A publicação do Anexo de Perguntas e Respostas será publicado nesta página até o dia: 16/05/2024.

Sobre o Projeto Pró-Espécies

O projeto Pró-Espécies é financiado pelo Fundo Global para o Meio Ambiente (GEF, da sigla em inglês para Global Environment Facility Trust Fund), é coordenado pelo Departamento de Conservação e Uso Sustentável da Biodiversidade (DCBio/MMA) e implementado pelo Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (Funbio), sendo o WWF-Brasil a agência executora.

O projeto trabalha em conjunto com 13 estados do Brasil (MA, BA, PA, AM, TO, GO, SC, PR, RS, MG, SP, RJ e ES) para desenvolver estratégias de conservação em 24 territórios, totalizando 9 milhões de hectares. E prioriza a integração da União e estados na implementação de políticas públicas, assim como procura alavancar iniciativas para reduzir as ameaças e melhorar o estado de conservação de pelo menos 290 espécies categorizadas como Criticamente em Perigo (CR) e que não contam com nenhum instrumento de conservação.

 

Prorrogação do Prazo da Carta Convite SC001925 – Publicado no dia 13 de maio de 2024.

Pin It on Pinterest