Consulta online sobre a estrutura e o funcionamento do Programa Nacional de Alerta, Detecção Precoce e Resposta Rápida para Espécies Exóticas Invasoras está aberta até o dia 23/09

Publicado em 9 de setembro de 2021
Consulta online sobre a estrutura e o funcionamento do Programa Nacional de Alerta, Detecção Precoce e Resposta Rápida para Espécies Exóticas Invasoras está aberta até o dia 23/09 Créditos: Roger de la Harpe / Shutterstock. A garra-do-diabo é uma espécie exótica invasora.

Por Rodrigo Braga/MMA 

No dia 02 de setembro, foi realizada reunião técnica virtual para apresentação e abertura da consulta online sobre a estrutura e o funcionamento do Programa Nacional de Alerta, Detecção Precoce e Resposta Rápida para Espécies Exóticas Invasoras (PNADPRR), em elaboração no âmbito do Projeto Pró-Espécies: Todos contra a Extinção e da Estratégia Nacional para Espécies Exóticas Invasoras (ENEEI). 

O objetivo do geral do programa é viabilizar a detecção precoce de espécies exóticas invasoras e focos de invasão biológica em estágio inicial no território nacional, por meio da implementação de protocolos e procedimentos padronizados de resposta rápida para melhorar a eficácia de ações de erradicação e controle além do fortalecimento de uma rede de colaboradores.

Na abertura do encontro, o diretor do Departamento de Espécies do Ministério do Meio Ambiente, Wagner Fisher, reiterou a importância do estabelecimento do PNADPRR: “Quanto mais parceiros puderem ajudar no alerta, nas respostas rápidas e na detecção precoce de espécies invasoras, mais eficiente e ágil será o retorno dado pelas esferas federal, estadual e municipal para este problema”.

A criação e estruturação do PNADPRR visa também o aperfeiçoamento da estrutura de gestão para a prevenção, detecção precoce, erradicação e controle de espécies invasoras e está inserida tanto no escopo do componente 3 do Projeto Pró-Espécies quanto no objetivo 2.3 da Estratégia Nacional para Espécies Exóticas Invasoras (ENEEI), que prevê o desenvolvimento e o estabelecimento de sistemas de detecção precoce e resposta rápida para erradicar espécies exóticas invasoras.

CONSULTA PÚBLICA

A consulta estará aberta até o dia 23 de setembro e o envio de sugestões deve ser realizado através da plataforma Formulários Google. Clique aqui e acesse o formulário.

O conteúdo referente à consulta está incluído resumidamente no formulário e todos os documentos na íntegra estão disponíveis em pasta compartilhada. Clique aqui e acesse os documentos.

 Em caso de dúvidas sobre o processo de consulta, por favor entre em contato com Renata Plucênio (replucenio@gmail.com) com cópia para Sílvia R. Ziller (sziller@institutohorus.org.br).

Pin It on Pinterest